As nomenclaturas são semelhantes, assim como os processos de produção e composição do Medium Density Fiberboard (MDF), do Medium Density Particleboard (MDP) e do High Density Fiberboard (HDF). Em tradução livre, as siglas significam Painel de Fibras de Média densidade, Painel de Partículas de Média Densidade e Painel de Fibras de Alta Densidade, respectivamente. Conheça as particularidades de cada um e como eles funcionam nos móveis planejados!

O MDF é produzido com fibras de madeira industrializada misturadas à resina sintética prensadas em alta pressão e temperatura. O resultado é um material uniforme e homogêneo, que aceita cortes nas mais diversas direções, o que permite um leque maior de formatos. Por ser leve, comparado aos outros, é uma boa opção para móveis com design inovadores e que não armazenam objetos pesados, assim como para forros e divisórias.

O MDP é feito com partículas de madeira prensadas em camadas. A camada mais grossa fica no meio, e duas mais finas “fecham” a placa nas laterais, o que o torna mais espesso e, por consequência, mais resistente. Por sua resistência maior, é ideal para móveis planejados que suportam maiores pesos, como camas e armários em geral.

O HDF, como o MDF, também é um painel de fibras de madeiras selecionadas com resina prensada. A diferença é a pressão aplicada, que no caso do HDF é maior, o que garante estabilidade e uniformidade, com menor espessura. Por isso, é comumente utilizado nos fundos de móveis e fundos de gavetas.

Quais os benefícios de cada material?

Entre os benefícios, o MDP sai na frente quando o assunto é absorção de umidade. Por ter espaço vazio entre as fibras, ele demora mais a “inchar”. O MDP também suporta pesos maiores, por isso são mais utilizados em gavetas, prateleiras e móveis que precisam armazenar mais cargas.

O MDF já funciona melhor para receber pinturas, pois tem acabamento mais liso que os outros, lidando melhor com vernizes e tintas em geral. Em relação à durabilidade, todos são semelhantes, sendo determinante os cuidados aplicados e os usos adequados.

As possibilidades para os móveis planejados

É possível, ainda, misturar os materiais na produção dos móveis planejados, adaptando os benefícios de cada um de acordo com cada projeto e com a funcionalidade de cada móvel. Consulte os consultores do showroom Bella Kaza para conhecer de perto os materiais e fazer as melhores escolhas com o melhor custo-benefício para o projeto da sua empresa ou residência.

Posts Relacionados

Prepare logo o seu lar para o natal

O fim de ano vai chegando e, com ele, as festas de natal e réveillon, e é muito importante ...
Saiba Mais

Como limpar puxadores, dobradiças e corrediças de móveis planejados

A limpeza dos móveis planejados envolve, em boa parte dos casos, lidar com materiais ...
Saiba Mais

Como prevenir e tratar cupins em móveis planejados?

O surgimento de pragas como os cupins são um dos maiores problemas para quem investiu em móveis ...
Saiba Mais